quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Talvez este curso me esteja a fazer bem... ou serão as pancadas da vida?



Eu sou aquela pessoa que todos acham certinha, direitinha, tímida que não faz mal a uma mosca... E isso está a dar comigo em doida. Eu não sou nada disso. Eu fui criada para ser assim, para os outros pensarem que sou assim.

 Eu sou aquela que é fria e nunca demonstra os sentimentos, que julga, que critica, que aponta o dedo... Mas também sou aquela que é amiga, preocupada, que sabe ouvir, guardar e calar,que tem sempre um mimo, um carinho e um ombro amigo. Sou a fofinha. Mas às vezes penso. Serei mesmo? Serei... uma bitch?? Estou a trair quem sendo assim? os outros? ou eu mesma?

Tenho dias em que gostava de deitar cá para fora de não ter esta timidez que me assombra de conseguir ser eu. De encantar, porque eu tenho encanto, mas está tão escondido que acho que até eu já o perdi cá dentro...

Hoje eu tenho ganas de me afundar na minha própria vontade de fazer tantas coisas que já julguei nos outros e já critiquei. Não gosto de ver os mês amigos saírem magoados. De fora eu vejo coisas que eles não vêem e pergunto "mas como não vês?!". Eles vêem. Mas não se importam com isso enquanto o baque vem e não vem eles aproveitam e vivem.

Eu não tenho vivido nada. Eu tenho respirado, sobrevivido. E estou farta.

3 comentários:

Roxanne disse...

acho melhor, que aos poucos, comeces a viver... ou esse sentimento vai te consumir!

a Gaja disse...

Isso, revolta-te e vive :) eu também estou a tentar viver. A vida é assim, ou vivemos ou deixamos ela passar por nós. E a segunda opção não pode ser a válida.

faa aa disse...

Só quando percebemos o que está mal na nossa vida é que conseguimos muda-la para melhor.
Já percebeste o que queres, agora vais muito a tempo de mudares :)